Há algum tempo atrás, escrevi um ebook ensinando 7 Fórmulas do Excel que Podem Salvar sua Vida. Ou seja, uma coletânea das 7 funções mais utilizadas no Excel pela maioria dos usuários e nos mais diversos segmentos. O profissional que domina essas fórmulas essenciais da ferramenta está um passo a frente dos demais usuários, pois, garante mais agilidade no desenvolvimento de suas planilhas, atinge os resultados que seus gerentes e chefes imediatos necessitam com maior eficiência e rapidez. E o motivo disso é que boa parte do processo, que em muitas tarefas seriam árduas, repetitivas e passíveis de erros, são totalmente automatizadas. Para aqueles que trabalham com muitos dados, com uma vasta quantidade de informações e com uma frequência de alteração bem rápida e dinâmica, é fundamental que domine, de forma mais avançada, algumas destas principais funcionalidades do Excel.

Meu ebook está a venda aqui no site e vale o investimento. E para aqueles que querem aprender um pouco mais, indico este curso online aqui, que possui até certificado.

Bom… dito isto… vamos ao assunto de hoje, que será uma amostra do conteúdo do eBook 7 Fórmulas do Excel que Podem Salvar sua Vida. Vou postar o conteúdo do Capítulo 5 do livro que fala sobre as funções de procura PROCV e PROCH. Aproveitem.

 

Uso da função PROCV

 

Esta é, sem dúvida, a função mais utilizada nas fórmulas da maioria das planilhas que usamos em nosso dia a dia. A função PROCV é muito eficaz quando precisamos fazer um busca de informações em alguma tabela na qual não sabemos em que linha iremos obter o valor desejado, o que temos apenas é um dado identificador para procurar nesta tabela e retornar o valor adjacente a linha onde for encontrado. Por exemplo, tenho uma lista contendo o boletim dos alunos de determinado curso. Nesta lista temos na primeira coluna, o nome de cada aluno, na segunda coluna temos as notas do 1º bimestre, na coluna seguinte, as notas do 2º bimestre, e, nas próximas colunas, as notas dos 3º e 4º bimestres, respectivamente. Se quisermos saber a nota que José da Silva obteve no 1º bimestre, sabemos que, essa informação deverá ser procurada na segunda coluna da tabela, mas não sabemos em qual linha estará escrita as notas deste aluno. Nesse momento é que recorreremos ao PROCV.

PROCV pesquisará o valor informado na 1ª coluna do intervalo fornecido e retornará o valor adjacente na coluna da posição informada dentro do mesmo intervalo. No caso do exemplo acima, a função irá procurar José da Silva na 1ª coluna (B), e retornará o valor correspondente, ou seja, na mesma linha da coluna (C). Veja pela figura a seguir.

A partir desta tabela base com as notas de todos os alunos podemos criar resumos em outras planilhas buscando informações nesta tabela de origem. Observe a figura a seguir.


Deixe-me explicar como funciona a função PROCV. Sua estrutura básica é composta da seguinte maneira:

PROCV(valor_procurado; matriz_tabela; núm_índice_coluna; procurar_intervalo)

Assim:

Onde:
valor_procurado: Significa o termo que vamos procurar na tabela de dados. Essa informação será pesquisada sempre na primeira coluna do intervalo de dados passados no segundo parâmetro.
matriz_tabela: É o intervalo de células que corresponde a tabela de dados de origem. Ou seja, nesta tabela deverá conter o termo pesquisado e os valores que serão retornados.
núm_índice_coluna: Deve ser informado um valor numérico que represente, dentre do intervalo informado, a posição da coluna que contém os dados que serão retornados.
procurar_intervalo: Se quiser que a procura retorne valor apenas se a correspondência for exata, informe 0 (FALSO). Se quiser uma correspondência aproximada, digite 1 (VERDADEIRO).

Então, neste primeiro exemplo, para conseguir as notas bimestrais de um aluno específico, utilizei a construção das fórmulas assim:

  • Para as notas do 1º Bim:
    =PROCV(I7;B7:F18;2;FALSO)
  • Para as notas do 2º Bim:
    =PROCV(I7;B7:F18;3;FALSO)
  • Para as notas do 3º Bim:
    =PROCV(I7;B7:F18;4;FALSO)
  • Para as notas do 4º Bim:
    =PROCV(I7;B7:F18;5;FALSO)

Perceba que a 3ª parte de cada fórmula (itens em vermelho) foram aumentados a cada bimestre. O que significa? Cada bimestre foi informado na tabela base em uma coluna diferente, e esta parte da informação corresponde as posições de tais colunas no intervalo. Você deve ter notado também que o nome do aluno foi informado da célula I7, portanto, quando o nome do aluno é trocado naquela célula, a fórmula é automaticamente recalculada com base no novo nome de aluno.

A função PROCV é bem simples de ser usado e muito funcional. Ela tem sua variação, a função PROCH, que faz pesquisas pela horizontal nos intervalos de dados. No arquivo de exemplos, anexo deste livro, há um exemplo de sua utilização.
Vamos mostrar mais alguns exemplos de uso do PROCV. Para isso, aproveitaremos a base de dados na planilha BaseVendaPorDia, já utilizada nos exemplos anteriores para construirmos nossas fórmulas.

 

A. Exibir Totais de Produtos Vendidos Por Mês.

 

Neste exemplo, usamos uma combinação de Soma condicional e PROCV para alcançarmos o resultado da soma de todas as vendas de cada produto em determinado mês. A soma condicional, como vimos nos capítulos anteriores, consegue nos retornar, pela tabela base que temos, os totais de itens vendidos em cada mês. Basta agora conseguirmos saber quanto custa cada produto para, então, multiplicarmos por esse total vendido. Para isso, usaremos PROCV.
Relembre a construção da fórmula para saber o total de itens vendidos no mês:
SOMA(SE(MÊS(BaseVendaPorDia!$C$2:$C$649)=MÊS(C$27); SE(BaseVendaPorDia!$B$2:$B$649=$B28;BaseVendaPorDia!$D$2:$D$649;0);0))

 

Veja, agora, a construção da fórmula PROCV para identificarmos o preço do produto.
PROCV($B28; TabelaPreços!$B$3:$C$20; 2; FALSO)

Agora é só multiplicar pelo total de itens vendidos.
SOMA(SE(MÊS(BaseVendaPorDia!$C$2:$C$649)=MÊS(C$27); SE(BaseVendaPorDia!$B$2:$B$649=$B28; BaseVendaPorDia!$D$2:$D$649; 0); 0)) * PROCV($B28; TabelaPreços!$B$3:$C$20; 2; FALSO)

Não se esquecendo que, devido a utilização de fórmula matricial, é necessário finalizar com Ctrl+Shift+Enter. Resultado final:

= SOMA(SE(MÊS(BaseVendaPorDia!$C$2:$C$649)=MÊS(C$27); SE(BaseVendaPorDia!$B$2:$B$649=$B28; BaseVendaPorDia!$D$2:$D$649; 0); 0)) * PROCV($B28;TabelaPreços!$B$3:$C$20; 2; FALSO)

 

B. Exibir Percentual de Produtos Vendidos Por Mês.

Para este exemplo, vamos utilizar como intervalo base a tabela gerada no exemplo anterior. Partindo dela, precisamos obter os totais mensais e anuais de vendas de cada produto para conseguirmos calcular os percentuais mensais. Utilizaremos o PROCV para retornar estes valores.
Veja como ficaria a fórmula para a coluna do mês de Janeiro:

=PROCV ( $B54; $B$28:$O$45; 2; 0 ) / $O54

Perceba que temos 14 colunas em nosso intervalo, e a coluna 2 corresponde ao mês de janeiro em nosso intervalo. A referência da coluna de retorno de dados será incrementada a cada mês até a última coluna do intervalo que corresponde ao total anual. Ou seja, para o mês de fevereiro, utilizaremos 3, para março, 4, e assim por diante. Nesta fórmula, obtemos o valor de venda do mês de Janeiro e dividimos pelo total anual de vendas ($O54), com isso, conseguimos o percentual de vendas daquele produto naquele mês.

A fórmula da coluna Total por Produto ficou assim:

=PROCV ( $B54; $B$28:$O$45; 14; 0 )

Depois de preencher a fórmula de todos os meses desta primeira linha, basta arrastá-la para as demais linhas.

 

C. Exibir Valor e Percentual Vendidos Por Mês. (Um pouco de PROCH)

 

Neste exemplo veremos um pouco da utilização do PROCH, muito semelhante ao PROCV, diferencia-se apenas pelo sentido da procura que será na horizontal do intervalo, ao contrário da busca vertical que ocorre na PROCV. Vejamos.

=PROCH($B79; $C$27:$N$46; 20; 0 )

O intervalo base especificado possui 20 linhas, e na última linha encontra-se o valor que precisamos: os totais de vendas em cada mês. Portanto, a linha referência que desejamos retornar será a 20.
Desta vez a busca será feita pelas colunas (meses) e retornará um valor adjacente a coluna encontrada na linha que definimos na fórmula.

 

E aí… Gostaram?

Me sigam no twitter clicando neste botão aqui:

E façam o download dos arquivos utilizados neste artigo. O link para baixar está no final desta matéria, ok. Se puderem, cadastrem-se para receber as novidades do site direto seu email. Abração.

Antes de efetuar o download do arquivo de exemplo, convido você a socializar conosco.

Escolha uma das opções abaixo. Seguir no twitter, assinar nossa Newsletter...

Isso nos ajuda na divulgação do site e te permite ficar sempre atualizado das novidades. Fico muito grato pela sua colaboração.

Digite seu email:

Você receberá um email para ativar o cadastro, ok!